quinta-feira, 25 de março de 2010

palpite.


.
- eu quero mais, sabe?!
não quero espera pelo acaso ou até mesmo depender da boa vontade do senhor tempo. nunca acredito quando alguém diz:
- se não foi é porque não era pra ser.
como assim?!
sou do tipo que pensa: cada ação causa uma reação. então, pergunto:
- que reação o silêncio irá me trazer?! que eco eu irei ouvir?!
já fui do tipo que vai devagar, hoje em dia, quero doses maiores ou até mesmo únicas, pra dizer a verdade eu acho que só quero.
não, eu não estou afim de deixar o barco correr solto, também não irei dizer que quero ter o controle - não sou boa o suficiente pra isso -, digo apenas que estou afim de ir e participar.
porque, quando eu chegar lá na frente e quebrar a cara, poderei ficar feliz (?), pois saberei que fiz algo, que quebrei a cara por culpa minha. que quebrei a cara tentando algo que poderia ter dado certo.
vai acontecer, isso não quer dizer que dará certo, só que irá acontecer. já é um bom começo, certo?!

# eu sinto a falta de você, me sinto só.